Seris reestrutura presídios e investe nos agentes penitenciários

Reestruturar e ampliar o Complexo Penitenciário de Alagoas, para valorizar e propiciar melhores condições de trabalho aos agentes penitenciários. A Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) investe na reforma dos presídios. Esta semana, a Casa de Custódia da Capital e o Núcleo Ressocializador tiveram todo o mobiliário substituído por móveis novos e de qualidade, nesta semana.

Com os investimentos, os agentes penitenciários ganham com melhores condições de trabalho, consequentemente, os custodiados e visitantes têm acesso a serviços dignos. Na Casa de Custódia ainda há reformadas na cozinha, espaço para triagem e alojamento dos agentes, reparos no telhado e banheiros, além da pintura da unidade.

No âmbito da segurança, novos armamentos foram adquiridos para os agentes penitenicários. Segundo o secretário executivo de Gestão Interna da Seris, major Henrique do Carmo, a pasta tem revertido os recursos recebidos para modernizar e estruturar todas as unidades do complexo penitenciário.

“Investimos parte dos recursos recebidos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) para padronizar os móveis dos presídios. Essa aquisição é importante, pois estima-se que há 10 anos não havia sido realizada nenhuma compra de mobiliário nesse volume. Os novos móveis atendem às normas de ergometria e ambientação, otimizando o trabalho dos servidores”, salienta.

De acordo com o chefe da Casa de Custódia da Capital, agente penitenciário Vinícius Lamenha, as melhorias estruturais valorizam e dignificam o trabalho dos servidores. “Sem dúvida, o mobiliário modernizou a unidade. A reação dos agentes ao notarem que os recursos da pasta foram investidos para melhorar as condições de trabalho foi a melhor possível”, finaliza Lamenha.

Ascom – 06/12/2017

(Visited 2 times, 1 visits today)