Projeto Despertar leva prevenção às drogas para dentro da sala de aula

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) dá continuidade ao cronograma de capacitações escolares sobre prevenção à violência, drogas e as consequências da dependência química. A ação faz parte do Projeto Despertar e vem mobilizando estudantes, professores, funcionários de escolas e famílias, que se tornaram disseminadores da paz.

 

Nesta quinta-feira (3), foi a vez da Escola Estadual Doutora Eunice de Lemos Campos, no Benedito Bentes, receber as equipes do Projeto Despertar. Na ocasião, foram discutidos temas como o uso de drogas e as consequências da dependência química como uma das expressões da violência.

 

“O intuito do projeto é articular e conscientizar sobre a importância de compreender a violência atrelada às drogas como uma expressão da questão social, tendo o compromisso de aprofundar uma reflexão crítica acerca da temática, dando visibilidade à realidade vivenciada na comunidade escolar”, destacou a secretária de Prevenção à Violência, Esvalda Bittencourt.

 

Com exibição de vídeos, palestras e rodas de conversas, o projeto já discutiu a questão da segurança dentro das escolas, abordagem em sala de aula a aluno que está sob o uso de psicoativos e sobre ausência dos responsáveis dos alunos na escola.

 

O Projeto Despertar é o braço da prevenção às drogas das Políticas sobre Drogas de Alagoas, que atua também com o viés de recuperação e reinserção dos dependentes químicos. Ele tem foco nas regiões de risco e vulneráveis ao consumo de drogas.

 

Os territórios de atuação foram determinados por estudos do Observatório de Prevenção à Violência da Seprev. São eles: Jacintinho, Benedito Bentes, Clima Bom, Vergel, Tabuleiro do Martins e Cidade Universitária.

Ascom – 03/05/2018