Policial é presa por liberar cerveja e churrasco em prisão

Uma policial militar foi presa em flagrante ao tentar facilitar a entrada de cerveja, carvão e utensílios para fazer churrasco – incluindo facas – na Unidade Prisional (UP) da Polícia Militar do Rio, em Niterói, região metropolitana da capital. A UP abriga, principalmente, policiais militares presos, mas serve também para autoridade. O ex-governador Luiz Fernando Pezão (MDB) está preso na UP da PM do Rio.

Segundo a assessoria de imprensa da PM, a prisão foi possível por causa de uma denúncia recebida na manhã deste sábado, pela Corregedoria. Além da policial militar, dois presos envolvidos na tentativa de entrar com os itens para o churrasco foram detidos. A policial presa é lotada na própria UP. Os procedimentos de investigação ainda estão em andamento, informou a PM, segundo o Terra.

Em nota, a PM destacou a “pronta resposta” diante da denúncia e ressaltou que “não coaduna com qualquer desvio de conduta de nenhum de seus membros”. “Vale lembrar que inspeções são realizadas rotineiramente na Unidade com vistas a manter o cumprimento da Lei de Execução Penal e o Regulamento Disciplinar da Instituição”, diz a nota.

24/02/2019