Flávio Bolsonaro avisa pelo Facebook que não irá depor no MP

O senador eleito pelo Rio, Flávio Bolsonaro (PSL), informou que não irá comparecer ao depoimento marcado para esta quinta-feira, 10, no Ministério Público, para esclarecer o caso do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Em uma nota publicada em seu perfil no Facebook, na tarde desta quinta-feira, o filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) justificou que não é investigado e que ainda não teve acesso aos autos do procedimento aberto pelo MP.

Flávio argumentou ainda que só foi notificado sobre o convite do MP para depor na tarde do último dia 7. A comunicação do MP havia divulgado uma nota no dia 21 de dezembro sobre o pedido de oitiva com Flávio desta quinta. “No intuito de melhor ajudar a esclarecer os fatos, pedi agora uma cópia do mesmo para que eu tome ciência de seu inteiro teor”, justificou o senador eleito na nota, diz o Terra.

Assim como nas outras notas divulgadas anteriormente por sua assessoria de imprensa, Flávio reafirmou que pretende prestar esclarecimentos sobre o caso, mas em uma nova data.

10/01/2019