Band vence SBT em processo milionário por rescisão de Gentili

O SBT foi condenado pelo juiz Mario Sergio Leite, da 2ª Vara Cível de Osasco, a indenizar a Band em R$ 3,68 milhões devido a rescisão de contrato de Danilo Gentili, há 5 anos.

Segundo o colunista Ricardo Feltrin, apesar de ser uma decisão em primeira instância, representa uma derrota para a TV de Silvio Santos. O Homem do Baú convenceu o humorista, em 2013, a romper seu contrato com a rival quase um ano antes do prazo final.

Para chegar ao valor, a emissora da família Saad alegou que, por causa do assédio da concorrente e do rompimento do vínculo por parte do comediante, sofreu prejuízos pela perda de faturamento. Também exigiu danos morais por ter sido vítima de concorrência desleal.

O canal também afirmou que fez investimentos por causa do artista e que perdeu dinheiro com sua saída. O juiz aceitou parcialmente as demandas da Band e sentenciou que o SBT causou prejuízos e deve indenizar à rival, contudo, por se tratar de uma decisão em primeira instância, cabe recurso.

Gentili também terá que desembolsar uma grande quantia, já que a Rede Bandeirantes também move um processo contra o apresentador, que varia entre R$ 1,3 milhão e R$ 2 milhões.

Apesar se já ter sido condenado, ainda cabe recurso, contudo, por se tratar de uma decisão em segunda instância, a possibilidade de reversão da pena é remota.

05/12/2018