Aguinaldo Silva sobre internação de Gagliasso: ‘Insubstituível é o autor’

O dramaturgo Aguinaldo Silva, autor da novela O Sétimo Guardião, reagiu à repentina internação do protagonista Bruno Gagliasso com um “textão” no Facebook. Em tom de desabafo, mas sem perder o humor, ele narrou a pressão que se coloca sobre os roteiristas diante de uma emergência como essa e cravou: “Moral da história: a única pessoa insubstituível numa novela é o autor”.

Gagliasso foi levado ao Hospital Vitória, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na terça-feira 26 para tratar um cálculo renal. Até sua recuperação, o cronograma de gravações terá que ser ajustado e o roteiro, reescrito às pressas. Segundo boletim médico emitido pelo hospital nesta quarta-feira, 27, o quadro do ator é estável, mas ele permanece internado e sem previsão de alta, informa o MSN.

No texto, Silva conta que, quando recebeu a notícia, teve um “ataque de pelanca” e, após seus 15 minutos de fúria, sentou-se com a coautora Joana Jorge para mudar o rumo da novela. “Tiramos o Gabriel das cenas que ele não podia gravar, passamos o pente fino nas cenas em que suas ações cortadas eram comentadas por outros personagens… E, quando os capítulos forem ao ar, eu desafio o mais arguto dos telespectadores a notar neles alguma coisa que não cola”.

O desabafo ganhou ares ainda mais provocadores quando o escritor concluiu com uma “moral da história”, dizendo ser a única peça insubstituível na produção. “O autor é dono e senhor das tramas”.

28/02/2019